PE-089 recebe melhorias para XX Festa da Banana, em São Vicente Férrer

 

A rodovia é o principal acesso viário à sede do município do Agreste Setentrional, que recebe grandes atrações musicais neste final de semana durante os festejos do tradicional evento que ocorre todos os anos, no mês de novembro, atraindo milhares de turistas de várias regiões de Pernambuco e de outros estados.

 

A PE-089, que liga o Agreste Setentrional à Mata Norte, é mais uma importante via que está sendo contemplada com ações de conservação, no trecho entre o distrito de Siriji e São Vicente Férrer, com 10 quilômetros de extensão. Equipes contratadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Transportes, estão finalizando a operação tapa-buracos na manhã deste sábado (25), a última etapa dos trabalhos.  A iniciativa está beneficiando diretamente uma população com mais de 17 mil habitantes desse município.

 

Foram concluídos os serviços de roço, capinação, limpeza e pintura dos dispositivos de drenagem e remendos profundos nos pontos críticos da via. As ações manterão toda extensão da rodovia em boas condições de trafegabilidade, reforçando a segurança dos motoristas e usuários com mais conforto, proporcionando melhoria na mobilidade das pessoas e facilidade no escoamento da produção da banana, principal cultivo daquela região.

 

“Garantir o direito de ir e vir das pessoas com melhores condições de mobilidade nas rodovias pernambucanas, através das ações de conservação rotineira, é um compromisso permanente do Governo do Estado, que vem sendo realizado com muito trabalho e esforço pela nossa Secretaria”, enfatizou o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, que participará dos festejos da tradicional Festa da Banana, que tem em sua programação concursos envolvendo a fruta. 

 

A PE-089 é uma rodovia que encurta distâncias para quem se desloca da Mata Norte e do Agreste Setentrional para outras localidades de Pernambuco e dos estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte. A via tem uma importância fundamental para o desenvolvimento daquelas regiões, onde estão concentrados grandes produtores de banana e de cana de açúcar e de importantes polos comerciais, contribuindo também para o intercâmbio social, econômico e cultural dos municípios pernambucanos locais.