Departamento de
Estradas de Rodagem
Governo do Estado do Pernambuco

Notícias

Caminhos de Pernambuco supera R$ 270 milhões de investimentos em obras de infraestrutura viária

Mais Notícias
PE 166 2VPE 119 Sapucarana 2
 Fotos: Flávio Japa/Seinfra
 
 
O Governo de Pernambuco tem atuado no sentido de assegurar cada vez mais investimentos voltados para a requalificação da malha viária estadual, melhorando a trafegabilidade e proporcionando segurança e conforto para a população. Este ano, o Programa Caminhos de Pernambuco superou a marca de R$ 270 milhões de investimentos em ações de infraestrutura viária, sendo R$ 74,9 milhões em intervenções já concluídas e cerca de R$ 131,8 milhões para obras em andamento. Os serviços de manutenção rotineira executados somam aproximadamente R$ 65 milhões. O trabalho está a cargo da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).
As obras contemplam implantação do pavimento e reconstrução completa de vias estratégicas em diversas regiões, além da requalificação de pontes. No momento, está em execução obras em 229 quilômetros de rodovia. “As condições das vias foram levantadas durante a fase de elaboração do Programa e, após o desenvolvimento dos projetos, o Governo está executando as obras. Estão sendo realizados serviços de terraplenagem, readequação de capacidade de carga, pavimentação, drenagem e sinalização horizontal e vertical, o que vai impactar positivamente no desenvolvimento econômico e turístico de todo o Estado”, comenta a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista.
Estão em andamento os trabalhos de implantação e pavimentação da VPE-674, que compreende o acesso a Lagoa do Barro, em Araripina; da PE-166 (na segunda etapa que vai de Serra dos Ventos, em Belo Jardim, até o distrito de Barra de Farias, em Brejo da Madre de Deus); e da PE-88 (acesso a João Alfredo e sua interligação com o município de Salgadinho). As ações de reconstrução, por sua vez, estão em andamento na PE-193 (Capoeiras/Caetés); PE-265 (entrada da BR-232 até Sertânia); PE-635 (Afrânio/Dormentes); PE-275 (Sertânia/Brejinho), além dos acessos a Cumaru e a Machados.
Além das obras em andamento, o Governo do Estado também tem dedicado esforços para a elaboração dos projetos de engenharia necessários à execução dos serviços. Atualmente, estão em desenvolvimento projetos para a requalificação total de 12 rodovias, o que corresponde a 486,30 quilômetros. O investimento previsto é da ordem de R$ 363 milhões e vai contemplar vias como a PE- 17, em Jaboatão dos Guararapes, a PE-45, que liga Escada a Vitória; a PE-145, entre Cachoeira Seca e Jataúba; a PE-300, que vai de Águas Belas a Inajá; e a PE-270, entre Arcoverde e Buíque.
Destacam-se, ainda, os processos licitatórios já em curso para a contratação de obras de reconstrução de outras rodovias: as PEs 75, 95, 550 e 576. A PE-75 vai da entrada da PE-62, em Goiana, até a entrada da PE-82, em Ibiranga, com 39,7 quilômetros de extensão, e tem investimento estimado de R$ 52 milhões. A PE-95 vai de Limoeiro até a entrada da BR-104, em Caruaru, e possui investimento de mais de R$ 30 milhões. Os serviços na PE-576 contemplarão o trecho de 18,8 quilômetros que vai da entrada da BR-316, em Trindade, até Ipubi. A expectativa é a de que sejam investidos cerca de R$ 45 milhões na requalificação desta via. Já as intervenções na PE-550 serão realizadas em 46,5 quilômetros da rodovia, que vai da entrada da BR-428, em Caraíbas, passa pelo projeto Fulgêncio, e segue até Urimamã. O aporte previsto é de aproximadamente R$ 30 milhões.
PONTES – As ações voltadas para a melhoria da mobilidade dos pernambucanos também incluem a recuperação estrutural de pontes. Nesse sentido, o DER está executando obras nas pontes de Itamaracá; Santa Cruz do Capibaribe; Natuba (Vitória de Santo Antão) e Caxito (Ipojuca). Juntas, as intervenções somam mais de R$ 18,7 milhões em investimentos.
ENTREGAS – Em 2020, o Governo de Pernambuco concluiu as obras de reconstrução da Ponte de Bodocó; a PE-460, no acesso a Conceição das Crioulas, em Salgueiro; a primeira etapa da implantação do pavimento da VPE-119, em Sapucarana; a primeira fase da reconstrução da PE-166, em Belo Jardim; a implantação e pavimentação da VPE 240, em Rainha Isabel; e o acesso a São Benedito do Sul. São ações que contaram com o aporte de R$ 56,2 milhões para a recuperação de cerca de 61 quilômetros e que contribuem para o fortalecimento da economia, melhorando a vida das pessoas.
CAMINHOS DE PERNAMBUCO – Criado em maio de 2019, é considerado o maior programa de reestruturação de malha viária proposto pelo Estado. A iniciativa, que tem como objetivo garantir mais qualidade de vida, mobilidade à população e o desenvolvimento econômico local, conta com aporte de R$ 505 milhões para recuperar 5.554,5 quilômetros de rodovias até dezembro de 2022.
Para a execução do calendário dos trabalhos, foram traçadas rotas de acordo com a logística, o escoamento de produção, o segmento turístico e, inclusive, os fatores climáticos. As ações do Programa Caminhos de Pernambuco acontecem de maneira contínua, beneficiando todas as regiões do Estado. Além das obras de reconstrução em andamento, os serviços de manutenção são realizados de maneira preventiva e corretiva e já foram realizados em 3.378 mil quilômetros de rodovias, a um investimento de aproximadamente R$ 65 milhões.